domingo, 30 de agosto de 2009

FATORES DO CLIMA

Latitude: A latitude é um dos fatores do clima que influi na temperatura devido à forma esférica da Terra. A insolação diminui a partir do Equador, pois ali os raios solares incidem perpendicularmente à superfície da Terra, em direção aos pólos, onde há elevada inclinação e reflexão dos raios solares. Então a regra geral se define por a temperatura diminuir com o aumento da latitude.

Altitude: A altitude é um fator climático que exerce grande influência sobre a temperatura. Isso ocorre porque o calor é irradiado da superfície terrestre, é refletido, sendo enviado de volta, e a atmosfera se aquece por irradiação. O ar se torna mais rarefeito a medida que a altitude fica maior. O ar ficar rarefeitosignifica ter menor densidade de moléculas, ocorrendo menor irradiação, menor retenção de calor e, por consequência, menores temperaturas. A temperatura cai 1ºC, aproximadamente a cada 200 metros que nos elevamos. As regiões tropicais são muito quentes geralmente. Nelas encontramos serras, chapadas e planaltos, o que é um importante fator amenizador da temperatura. Podemos encontrar no Brasil, por exemplo, nas serras do Mar e da Mantiqueira, no Planalto da Borborema e no Planalto Meridional. Já as regiões temperadas são normalmente mais frias e a elevação da altitude [nos Alpes, por exemplo,] acentua ainda mais o rigor da temperatura.


Correntes Marítimas: As correntes marítimas são porções de água que se deslocam pelos oceanos. Com características próprias elas apresentando temperatura, salinidade, pressão e velocidade. As correntes marítimas distribuem o calor e influem no clima. Elas resultam de diversos fatores, como ventos, movimento de rotação da Terra, diferenças de salinidade e temperatura das águas e conformação das bacias oceânicas. As correntes quentes formam-se nas áreas equatoriais e migram para as altas latitudes, onde irradiam calor para o ar atmosférico. Um exemplo é a corrente quente do Golfo ou Gulf Stream. As correntes frias formam-se nas áreas polares, migram para as baixas latitudes e provocam queda da temperatura nas áreas próximas aos litorais. Temos como exemplo as correntes frias de Humboldt e da Califórfia, que esfriam o ar atmosférico ao longo de seu trajeto. As correntes marítimas também influem na umidade. As massas de ar quente provenientes do Pacífico se resfriam ao passar sobre essas correntes, ocasionando condensação e chuvas. Elas chegam secas ao litoral e ao interior da América do Sul e do Norte, sendo, além de outros fatores, responsáveis pela existência dos desertos de Atacama e do Colorado, bem como do deserto mexicano. Uma observação feita é que as principais áreas pesqueiras do mundo localizam-se em locais de encontro entre correntes frias e quentes. Para compensar o movimento das águas superficiais, as águas profundas são transportadas verticalmente para cima – o qual é conhecido como fenômeno da ressurgência - trazendo sedimentos ricos em nutrientes. A iluminação solar aumenta a atividade biológica, concentrando plâncton (microorganismos animais e vegetais) e atraindo grande quantidade de peixes. As principais correntes quentes são: Corrente do Brasil, Corrente do Golfo, Corrente das Agulhas, Corrente Equatorial Sul, Corrente Oriental da Austrália ,Corrente Equatorial do Norte, Corrente Kuroshio. As principais frias são: Corrente Subártica, Corrente do Peru, Corrente das Falklands, Corrente do Labrador, Corrente de Benguela, Corrente Ocidental da Austrália e Corrente da Groenlândia.
Continentalidade e maritimidade: A proximidade de grandes quantidades de água exerce influencia na temperatura. A água demora a se aquecer, enquanto os continentes se aquecem rapidamente. Porém a água também demora para esfriar. Assim áreas mais próximas aos oceanos são mais amenas, apresentando menos amplitude térmica, sofrendo influência da maritimidade. Já o interior dos continentes, por estarem distantes do mar, sofrem influência da continentalidade, apresentando maior amplitude térmica. Um exemplo disso é visto na Europa, onde há os climas temperado oceânico e continental.


Pressão: o elemento climático é capaz de influenciar a umidade, o que ocorre através da ação de ventos, os quais deslocam o vapor d’água.

Tipo de solo: dependendo do solo este pode ser capaz de reter água, por exemplo, solos arenosos retêm água em tubos formados pelos grãos de terra, enquanto solos de florestas não.
Relevo: O relevo constitui uma barreira natural para a úmida, o que é explicado com a ocorrência das chuvas de relevo. Deixando a área de sotavento mais seca e a de barlavento úmida. Ele também pode permitir a livre entrada de massas de ar, deixando muitas áreas sucessíveis aos efeitos das mesmas, com quedas e altas de temperatura.

Vegetação: A vegetação impede a incidência total dos raios solares, mantendo o índice pluviométrico alto.
Ocupação humana: O desmatamento altera significativamente o clima em uma região, por exemplo, o desmatamento de uma floresta torna a mesma mais seca.

66 comentários:

  1. "o calor é irradiado da superfície terrestre, é refletido, sendo enviado de volta, e a atmosfera se aquece por irradiação." isso quer dizer que quanto mais a Terra refletir o calor mais ela se aquece??? não compreendi muito bem essa parte...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não é a terra que aquece é o ambiente pois quando refletido o calor vai e volta, mas quando absorvido ele só vem a terra e a mesma absorve não deixando o calor continuar no ambiente como acontece no deserto por exemplo.
      espero ter ajudado.

      Excluir
  2. e os instrumentos que se usam

    ResponderExcluir
  3. Victor, pelo que percebi e tenho estudado 'e que a terra absorve calor e o calor que sentimos na terra, na sua maioria 'e calor refletido ou proveniente da terra e nao o directo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc estudaa hahahaha e cao!

      Excluir
    2. Só sabem gozar queria ver como tu te saías!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
      PARVO

      Excluir
  4. tenho a mesma dúvida do victor e ainda não percebi.

    ResponderExcluir
  5. Eu achei mto legal esse site,me ajudou muito no trabalho da escola! Obrigada!


    Anna Flávia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. no meu trabalho tambem sao muito boas as respostas

      Excluir
    2. no meu trabalho tambem sao muito boas as respostas

      Excluir
    3. no meu trabalho tambem sao muito boas as respostas

      Excluir
  6. gostaria de uma coisa mais resumida favor verificar se poderia fazer uma parte resumida e outra completa

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito !! me ajudou bastante

    ResponderExcluir
  8. adoro geografia,e exxe site me ajuda imenso p qlqr koisa q precise na Universidade..To tirando recursos humanos e noooossa,a Geografia nessa cadeira é pesadinha ....Mas eu adoro.
    Anjinha Rebelde_ Angola(Luanda)

    ResponderExcluir
  9. e muita coisa *&$#! mas vou tentar
    queria uma resposta curta mas tdb
    enquanto os estão acima de mim tão na universidade eu to no ginasio

    PEDIDO AO DONO DESSE SITE:por favor coloque respostas curtas assim passarei a visitar e esse site

    ResponderExcluir
  10. A Maritimidade é um fenome, mas ele para existir conjuntamente a continentalidade presisa de dois pontos referencias certo?
    Ex: Recreio e Cascadura(RJ)
    Essa Conclusao está correta?

    Dee.Moraes - Tamandaré!

    ResponderExcluir
  11. To vendo que este assunto (Texto) está gerando muitas duvidas...
    Vo tentar resumir cada "topico" em um post XD

    Dee.Moraes

    ResponderExcluir
  12. muito bom tirou todas as minhas duvida.

    valeu e obrigado

    ResponderExcluir
  13. puta merda, muito bom eiim !!

    ResponderExcluir
  14. puta que paril, caralho, porra, cusão, cacete, buceta, ninfeta, puta merda, piroca, piruzão, vai tomar no meio do olho do teu CÚÚÚ...
    num sabem fazer nada em !!

    ResponderExcluir
  15. nossa esse site foi muito util pro meu trabalho de geografia obrigado

    ResponderExcluir
  16. obrigado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!:p






    my name is Deusa

    ResponderExcluir
  17. adoreiiii consegi terminar meu acrostico urullllllll

    ResponderExcluir
  18. Esta faltando alguns fatores importantes.

    ResponderExcluir
  19. Na verdade o processo de irradiação se dá de forma diferenciada dependendo da altitude,lattude e pressão atmosférica entre outros. Então por exemplo: Num local de altitude relativamente baixa terá maior pressão atmosférica por conta da radiaçã solar, e consequentimente ele iradiarão com maior intensidade levando em consideração o tempo e velocidade de retorno dessa irradição; onde em ambiente de altitudes mais elevadas e esse tempo de reflexão é bem menos comparado ao nível de base ou até mesmo com relação ao manto.

    ResponderExcluir
  20. oiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  21. OBRIGADA PELO SYTE , POÍS ME AJUDOU O BASTANTE PARA O MEU SEMINÁRIO ...

    ResponderExcluir
  22. oi muy obrigado ajudoume muy obrigado

    ResponderExcluir
  23. n presta este saite.... que vergonha

    ResponderExcluir
  24. pernetas mas muito mau este saite comcordo com o comentario antes do meu

    ResponderExcluir
  25. Eu acheii lindo dji maisss

    ResponderExcluir
  26. Texto completo e explicativo, muito bom.

    ResponderExcluir
  27. o site e mto interesante... e ta a ajudar m bastante,tou a fazer gestao do meio ambiente e recursos naturais e tou aproveitar mto*****

    ResponderExcluir
  28. GOSTEI DAS RESPOSTAS, EMBORA SEJAM MUITO LONGAS...

    ResponderExcluir
  29. resumindo fatores do clima são a latitude, altitude , aproximidade e afastamento do mar, correntes maritimas e exposiçao geografica.

    ResponderExcluir
  30. exceleeeeeeeente !!

    ResponderExcluir
  31. Muito mal feito... Sem embasamento nenhum! Foi um aluno de Ensino Médio que redigiu o texto?

    ResponderExcluir
  32. es uma merda anna flavia

    ResponderExcluir
  33. realmente é uma fonte que me serviu nas minhas investigações. relativamente as críticas e elogios eu não vou dizer nada por enquantoo

    ResponderExcluir
  34. valeu, me ajudou bastante na resolução do meu trabalho escolar.

    ResponderExcluir
  35. valeu mesmo! me ajudou muito em um trabalho haha obrigada

    ResponderExcluir
  36. adorei! era tudo o que eu precisava ! obrigada a todos que criaram esse site!

    ResponderExcluir
  37. Correntes Marítimas é a mesma coisa que distãncia do mar?

    ResponderExcluir
  38. Vou ter teste amanhã não sei do meu livro, acham que isto é bom para 8º ano? obrigado pessoal! ;)

    ResponderExcluir
  39. Sei que parece estranho,mas ñ me ajudou muito ñ.
    Mas esse blog tá tão legalzinho!
    Tchau!
    De:alguém do mundo.

    ResponderExcluir
  40. gostei muito pois mim admirei com essas pesquisas tenho que fazer um trabalho e ele mim ajudou muito,muito mesmo de tudo!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  41. QUE MERDA DE SITE MAIS INCOMPLETO FDS!!!!!
    NAO VALE UM CARALHO!

    ResponderExcluir
  42. Só uma coisa: a corrente maritima de Benguela é quente e não fria como dita no texto. É ela quem dá origem à corrente do Brasil e a da Guiana, e é vinda da áfrica.

    ResponderExcluir
  43. Muito bom ajudou muito na minha prova



    ResponderExcluir
  44. Respostas
    1. faz o seu entao filho da puta

      Excluir
  45. não e do meu agrado , mais esta faltando alguns climas emportantes

    ResponderExcluir
  46. tudo errado que tao dizendo nesse site que tem assuntos muito melhor

    ResponderExcluir
  47. muito bom adorei o site de vcs me ajudaram muito na pesquisa (trabalho de casa) da escola vcs estudam pra cassete!!!
    para descobrir tudo isso e nos ajudar muito!!!
    obrigada
    Maria Eduarda!!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cuidado pra n tirar zero heim kirida

      Excluir
  48. Esse site deveria melhorar seus textos nem todo mundo entende essa linguage

    ResponderExcluir
  49. SITE FILHO DA PUTA DO CARELEO, FEZ EU TIRAR ZERO. CONSEGUIU SER MAIS BURRO QUE MEUS AMIGOS QUE REPETIRÃO DE ANO

    ResponderExcluir

“O clima é o conjunto de estados do tempo meteorológico que caracterizam o meio ambiente atmosférico de uma determinada região ao longo do ano. O clima, para ser definido, considera um subconjunto dos possíveis estados atmosféricos e, para tal, requer a análise de uma longa série de dados meteorológicos e ambientais." (Wikipedia)